Quer viajar mas não pode sair de casa? Eu te mostro como! Descubra livros sobre viagem incríveis que vão fazer você sentir como se estivesse vivendo uma aventura!

Apesar de eu não ter abordado o tema “livros” até hoje aqui no blog, ler sempre foi uma das grandes paixões da minha vida.

Além da minha mãe ser uma leitora voraz e sempre ter me incentivado a ler bastante, a minha impaciência pelos próximos filmes do Harry Potter fez com que eu passasse horas lendo a Câmara Secreta lá em 2001.

(Full disclaimer: na época eu não sabia o significado da palavra câmara e fiquei metade da história esperando aparecer uma câmEra.)

De lá para cá, foram inúmeras sagas, livros que eu detestei e releituras dos meus favoritos. Não só isso, mas eu fui crescendo e meus interesses também aumentaram. O que antes eram apenas livros de fantasia, hoje já são livros de memórias, histórias que me ajudam a entender o momento presente, refletir, e muito mais.

Livros são parte tão importante da minha vida desde sempre, que preciso admitir que por mais clichê que seja, Comer, Rezar e Amar foi um dos grandes responsáveis por me fazer viajar. Na época eu não acreditava no hype que esse livro estava recebendo, mas ele fez com que eu saísse de casa para explorar o mundo. Depois dele, histórias onde as protagonistas estão viajando, ou livros que me ensinam sobre outras culturas e países passaram a ser alguns dos meus favoritos. 

E, como esse é um blog de viagens, nada mais justo do que eu compartilhar os meus livros sobre viagem favoritos com você! Na lista a seguir estão as melhores histórias que li até hoje sobre viajar pelo mundo:

Livros sobre viagem para se aventurar sem sair de casa!

Se você prefere vídeos em vez de texto, considere se inscrever no meu canal do YouTube! :)

Já adianto que, fora Comer, Rezar e Amar que tem um lugar especial no meu coração, essa lista não está em nenhuma ordem de preferência. Todas as indicações são incríveis e valem a leitura:

Comer, Rezar e Amar foi um dos livros que me incentivou a viajar pela primeira vez! Descubra outros livros sobre viagem nesse post!

Sinopse: Elizabeth Gilbert percebe que é infeliz no seu casamento e decide se divorciar e viajar pelo mundo para lidar com sua separação. Ela passa três meses na Itália aprendendo a falar italiano, três meses na Índia em um Ashram para se conectar com sua espiritualidade, e por fim mais três meses na Indonésia, onde ela tenta encontrar um equilíbrio entre tudo que aprendeu na sua jornada. 

Porque eu amo: Na minha opinião, a melhor parte desse livro é o quanto de realidade ele possui. Ao mesmo tempo que é super empoderador ler sobre uma mulher viajando sozinha para se encontrar, a autora não foge das partes difíceis que são justamente a solidão e os questionamentos que esse tipo de viagem pode trazer. Muitas pessoas acham a protagonista insuportável por ela “ter tudo na vida e não ser feliz“, mas eu acho que cada um define a sua própria felicidade, e nem sempre ela envolve ter casa própria ou um casamento.

Além da jornada, a autora também escreve não só sobre os locais que visitou mas também sobre as pessoas que conheceu, o que torna a história ainda mais rica – depois de viajar muito, aprendi que muitas das minhas melhores lembranças são ligadas a pessoas que encontrei pelo caminho e não pelos lugares em si.

Até hoje eu não sei se teria tido a coragem de fazer um intercâmbio sozinha sem conhecer ninguém no meu destino se não tivesse lido Comer, Rezar e Amar, então recomendo demais.

O livro perfeito para quem gosta de viagens na natureza é Livre, da Cheryl Strayed. Confira essa e outras indicações de livros sobre viagem nesse post!

Sinopse: Depois da morte da sua mãe e do final do seu casamento, Cheryl Strayed decide percorrer parte da Pacific Crest Trail, trilha que passa pela Califórnia, Oregon e Washington. Na sua caminhada de mais de 1000 milhas, ela aprende a conviver consigo mesma, conhece pessoas de vários lugares e repensa os acontecimentos que a fizeram chegar onde está agora.

Porque eu amo: Outro livro-memória que descreve a aventura de uma mulher viajando sozinha tentando se encontrar. Diferente do livro anterior, no entanto, a jornada de Cheryl é feita a pé e dentro da natureza em vez de destinos exóticos.

Ela também está em um momento bem complicado da vida, e é interessante ver sua maneira de pensar e encarar a situação. Eu adoro fazer trilhas leves, mas jamais teria coragem de fazer sozinha algo do tamanho que a Cheryl fez, especialmente pelo fato de que ela não tinha nenhuma experiência, comprando até mesmo o gás errado para fazer fogo e cozinhar seus alimentos, ficando sem ter como esquentá-los durante um tempo.

De maneira geral, eu diria que Livre foi inspirador por mostrar ela superou as adversidades, e encarou a si mesma, seus problemas e seus traumas. A história já virou até filme, onde a protagonista é interpretada pela Reese, uma ótima adaptação.

Já imaginou cruzar o Atlântico em um barco a remo? Essa é a história de cem dias entre céu e mar, do Amyr Klink! Veja esse e outros livros sobre viagem nesse post!

Sinopse: Amyr Klink tem uma missão: atravessar o oceano Atlântico com seu barco a remo. Em Cem dias entre céu e mar, o navegador relata como foi essa aventura, abordando desde os preparativos até detalhes do seu dia a dia nos mais de 6000km de travessia. 

Porque eu amo: Meu primeiro pensamento ao ler a sinopse foi que esse livro seria entediante – afinal, o quão interessante pode ser o relato de cem dias em um mesmo barco remando no mesmo oceano? Felizmente, eu estava errada, já que o autor consegue descrever essa jornada com uma riqueza de detalhes e situações interessantes suficientes para ser impossível desgrudar do livro. 

Apesar do final já ser conhecido, ainda me peguei curiosa para saber o que aconteceria nas páginas seguintes. Mesmo não abordando destinos diferentes, já que a história se passa majoritariamente no meio do Atlântico, Cem dias entre Céu e Mar é um daqueles livros de viagem que te deixam com vontade de sair de casa na mesma hora para embarcar em alguma aventura.

O que você fez enquanto todos os seus amigos estavam casando e tendo filhos? Viajou, né? Essa é a história de Kristin Newman, roteirista que transformou suas melhores aventuras de viagem em um livro engraçadíssimo!

Sinopse: Enquanto suas amigas se casam e tem filhos, a roteirista Kristin Newman aproveita para viajar pelo mundo e ter aventuras em vários países diferentes. As vezes em uma viagem solo, mas nunca sozinha, ela relata suas experiências de maneira leve e engraçada.

Porque eu amo: Quando eu terminei de ler esse livro, meu primeiro pensamento foi de que eu gostaria de ser a Kristin Newman. A escritora relata suas aventuras amorosas em vários continentes de maneira cômica, passando por estágios desde achar que finalmente encontrou o amor da sua vida até aceitar que não era para ser e curtir a viagem do momento da melhor maneira possível. 

Eu ri, chorei (mas que fique de aviso que eu choro até vendo comercial de ração para cachorro) e me identifiquei com tantas partes que fica até difícil dizer qual foi a melhor história do livro. A autora tem uma preferência clara pela Argentina (essa é, inclusive, a razão para a Robin de How I Met Your Mother falar tanto no país), mas outro países como Rússia, Islândia e até mesmo Brasil também aparecem nessa memória. Recomendo muito What I was Doing while You were Breeding, especialmente para mulheres que gostam de viajar e querem livros sobre viagem um pouco mais leves.

Uma história de ficção emocionante que vai te deixar com vontade de viajar para Cuba, esse é Next Year in Havana! Veja outras sugestões de livros sobre viagem nesse post!

Sinopse: Em 1958, no auge da Revolução Cubana, Eliza Perez e sua família são obrigados a fugir do país e se refugiar nos Estados Unidos. Anos depois, sua neta viaja a Cuba para realizar o último desejo da avó: espalhar suas cinzas em um dos seus lugares favoritos na infância. A história é narrada de dois pontos de vista, sendo um deles o da jovem Eliza nos dias antes a revolução que mudou sua vida, e o outro a partir dos olhos de Marisol, que está conhecendo Cuba pela primeira vez.

Porque eu amo: Esse é o primeiro livro da lista que não é uma memória, e sim uma história de ficção. Mesmo assim, ele não perde em nada para os anteriores no quesito livro de viagem, já que além de uma história super intrigante, o livro também descreve Cuba de uma maneira mágica, alternando entre a visão romântica que Eliza tem do lugar onde nasceu e cresceu, e a visão de Marisol que tenta conciliar tudo que sua família contou sobre o país com a realidade que encontra quando chega lá.

Até eu ler Next Year in Havana, o que me dava vontade de visitar Cuba eram apenas as imagens das praias paradisíacas. Depois de ler sobre tantos outros lugares e experiências (ainda que fictícias), meu interesse na cultura do país e seus outros atrativos é muito maior. Também já li a sequência When We Left Cuba, que foca na história de uma das irmãs da Eliza depois que a família chegou nos Estados Unidos e também adorei.

Uma história de amor adolescente passando por vários pontos turísticos de Florença, essa é a promessa de Amor & Gelato! Descubra esse e outros livros de viagem nessa lista!

Sinopse: Lina é uma adolescente que acabou de perder a mãe, e se muda para a Itália para conhecer o pai. Com raiva da situação e de sua mãe, que fez com que essa viagem fosse seu último pedido, ela se sente sozinha enquanto mora com um desconhecido que nunca fez parte da sua vida. As coisas começam a mudar, no entanto, quando ela descobre um antigo diário de sua mãe, contando tudo sobre os dias em que ela morou na Itália e conheceu o pai de Lina.

Porque eu amo: Esse livro é mais voltado ao público infanto-juvenil, então a linguagem é mais simples e a história se desenvolve de maneira leve e gostosa de acompanhar. Além disso, como Lina nunca foi para a Itália, ela visita diversos pontos turísticos famosos de Florença e da região da Toscana, e pode ter certeza que dá vontade de conhecer cada um deles assim como ela.

Lina também experimenta diversos pratos tradicionais do país, como pizza e, óbvio, gelato. Na época que li Amor & Gelato eu nunca tinha comido gelato italiano, e assim que fui em uma gelateria, reconheci o sabor do qual a Lina sempre falava no livro e pedi para experimentar. Hoje em dia eu planejo uma viagem para a Toscana pensando nesse livro, rs.

Outros livros sobre viagem incríveis para adicionar na sua lista de próximas leituras

Os livros de viagem que citei acima são os meus favoritos, porém queria deixar alguns outros que também me divertiram bastante e que considero que valem a pena a leitura. Nem todos são sobre viagens, mas se passam em vários países e cidades diferentes, e a maneira que os locais foram descritos com certeza me deram vontade de conhecê-los. Menção honrosa para qualquer coisa do Jules Verne – até hoje, quase três anos depois, eu ainda me pego pensando em algumas partes de 20.000 léguas submarinas.

E você, já leu algum desses livros? O que achou? Tem um livro sobre viagem favorito que não entrou na lista? Me recomenda nos comentários que eu faço questão de ler! :)

Os links para a Amazon são afiliados.

2 respostas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *